Ficar a ver navios.

Ficar a ver navios. - quer dizer não ter o que se deseja; decepção.
ORIGEM: Em 1578, D. Sebastião perdeu a vida em Alcácer Quibir, em Marrocos mas muitos portugueses não quiseram acreditar nisso. Por isso, era comum encontrarem-se "mirones" no Alto de Santa Catarina a olhar para os navios, à espera que o malogrado rei regressasse. O povo logo começou a criticar, a dizer mal daqueles que 'iam ver navios' até que a expressão se implantou na sociedade.